ORACLE

Rumo leva IoT para os trilhos

Por Júlia Merker

Sexta, 17/11/2017 10:56

Rumo leva IoT para os trilhos

A Rumo, concessionária de ferrovias presente em seis estados brasileiros, está em fase de implantação de um projeto de internet das coisas (IoT) que leva inteligência para o monitoramento dos trens.

O sistema, batizado de Supervisório, utiliza a plataforma de big data da Oracle e a solução de IoT da Amazon.

Com a iniciativa, a empresa busca a prevenção de acidentes no transporte de cargas.

A solução da Rumo utiliza a plataforma da Oracle para calcular variações mecânicas nas composições, durante o trajeto percorrido. Assim, o Supervisório permite uma análise de segurança preditiva.

“Já contávamos com sensores nos trajetos para medir informações como a temperatura da roda, que pode indicar problemas mecânicos, mas não havia inteligência de dados envolvida. Agora, o Supervisório pode identificar padrões e tendências para antecipar possíveis problemas”, relata Robson Schmidt, gerente de tecnologia da informação da Rumo.

Com a continuidade do projeto, o objetivo é tornar mais automatizadas as ações de correção do trem para incidentes antecipados pelo Supervisório.

“O sistema está desenvolvido há quase dois meses e sendo implantado em toda malha. Até metade de 2018 este processo estará concluído”, detalha Schmidt.

Para o projeto, iniciado em março deste ano, a equipe de tecnologia da Rumo contou com o apoio da Multirede, de Belo Horizonte, que atua como distribuidora de marcas como Furukawa, Intelbrás, D-Link, Cisco, entre outras.

A concessionária tem 12 mil quilômetros de malha ferroviária no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Com 1 mil locomotivas, a Rumo soma 25 mil vagões e mais de 13 mil funcionários diretos e indiretos. 

O projeto de IoT faz parte de uma série de investimentos previstos pela empresa na área de inovação até 2020.  

Desde então, a companhia tem recebido investimentos para se tornar mais competitiva. No ano passado, por exemplo, passou a distribuir 2 mil celulares entre os seus maquinistas como parte de um projeto para otimizar o contato com esses profissionais.

Os aparelhos tem o aplicativo Chave na Mão instalado, para que os profissionais realizem diversas atividades, como verificar suas escalas de viagens.

Tags Oracle logística Amazon IoT rumo

Compartilhe

VEJA TAMBÉM

ASSINE A NEWSLETTER

Receba gratuitamente nossa Newsletter e as últimas atualizações.

Preencha o campo email corretamente.
Cadastro realizado com sucesso!