DIGITAL

Wunderman compra Pmweb

Por Maurício Renner

Quarta, 04/01/2017 10:59

Wunderman compra Pmweb

A Wunderman, agência digital do grupo multinacional WPP, fechou a compra de uma participação majoritária da Pmweb, companhia sediada em Porto Alegre especializada marketing de dados e campanhas multicanal.

Em nota, a WPP não dá detalhes sobre o valor do negócio ou a composição acionária da nova Pmweb, informando apenas que a empresa seguirá operando de maneira independente como parte da rede Wunderman.

Provavelmente, a WPP comprou a participação que a Oracle tinha na empresa gaúcha. 

A Pmweb foi comprada em 2012 pela Responsys, empresa do segmento de e-mail marketing e campanhas integradas de marketing digital. 

No ano seguinte, a Oracle comprou a Responsys em um negócio de US$ 1,15 bilhões, do tipo que a gigante americana fecha toda hora, e acabou levando a Pmweb por tabela. Nos anos seguintes, a Pmweb começou a trabalhar com o extenso portfólio de soluções para marketing digital na nuvem da Oracle.

Em 2016, a Pmweb fez ela mesma uma aquisição, levando a Intuitive Intelligence, empresa paulista especializada em otimização de conversão (CRO).

Com a compra da Pmweb, a Wunderman reforça sua capacidade de desenvolvimento de campanhas personalizadas de marketing em larga escala, com um forte viés analítico.

“Vamos intensificar nossa atuação no varejo com ferramentas one-to-one, em um momento de transformação do mercado, que tem cada vez mais foco em precisão e resultados”, afirma Eduardo Bicudo, presidente da Wunderman.

Com sedes em Porto Alegre e São Paulo, a Pmweb projetava fechar o ano passado com uma receita de R$ 40 milhões. Em 2015, haviam sido R$ 28 milhões, um crescimento de 65%.

A empresa afirma ser a principal companhia de otimização e gestão de campanhas multicanais no Brasil e gerencia uma base de dados de 200 milhões de consumidores. 

“Nossos serviços conjuntos irão aumentar nosso retorno sobre investimentos em mídia, fortalecer nossas taxas de conversão e melhorar nosso relacionamento com clientes de forma geral”, projeta Tárik Potthoff, CEO da Pmweb.

Há 20 anos no mercado, a companhia também afirma atender 6 dos 10 maiores e-commerces do Brasil.

No site da Pmweb, são citados clientes fortes no comércio eletrônico, como Polishop e Magazine Luiza. Outras empresas atendidas pela Pmweb são Paquetá, Renner, Tommy Hilfiger, Beach Park, Intercity Hotéis, entre outras.

Na nota, a Wunderman afirma que as duas empresas juntas terão 500 funcionários (a Pmweb divulgou no ano passado ter 136 colaboradores). 

No começo do ano passado, a WPP comprou outra agência digital gaúcha, a 3yz, dona de uma carteira de clientes que incluia Tramontina, Grupo RBS, Grendene e Shoppings Iguatemi e Reebok.

De uma maneira geral, a gigante da publicidade tem aproveitado o momento para comprar empresas no Brasil.

Em outubro de 2015, a companhia adquiriu uma participação majoritária na agência de performance e marketing digital paulista Jüssi.

Menos de uma semana antes, o grupo já havia divulgado a compra da Ideal, focada em relações públicas.

As receitas do WPP no Brasil, em que o grupo conta com 7 mil funcionários, estão na casa de US$ 600 milhões. 

Na América Latina, a equipe chega a 23 mil pessoas, enquanto o faturamento passa de US$ 1,5 bilhão.

Com a área digital, o grupo WPP conquistou US$ 6,9 bilhões em receita em 2014, o que representa 36% da receita total de US$ 19 bilhões do grupo. 

A meta da holding é que o segmento chegue a pelo menos 40% do faturamento total em cinco anos. 

Tags Oracle marketing Wunderman Pmweb

Compartilhe

ASSINE A NEWSLETTER

Receba gratuitamente nossa Newsletter e as últimas atualizações.

Preencha o campo email corretamente.
Cadastro realizado com sucesso!