EXCLUSIVO

SAP tira Tiellet da Oracle

Por Maurício Renner

Quinta, 12/01/2017 15:50

SAP tira Tiellet da Oracle

Mario Tiellet, ex-head de vendas de soluções cloud da Oracle, acaba de ser contratado como VP de Vendas Indiretas da SAP.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada à reportagem do Baguete pela SAP, por meio da sua assessoria de imprensa.

Tiellet é um profissional de alto perfil, com uma década de Oracle. No período, passou por cargos como diretor sênior de Vendas para o Setor Financeiro e diretor de Vendas de Aplicativos.

Antes de entrar na Oracle, Tiellet foi responsável pela operação no sul do país de multinacionais como Infor, Microsoft e CA.

O executivo começou a carreira como um dos fundadores da Criterium, uma das pioneiras em soluções de mobilidade no Rio Grande do Sul, ainda em 1992.

Os últimos tem sido de movimentações na área de vendas da SAP. Carla Carvalho, uma executiva trazida da IBM no começo de 2016, deixou no dias atrás o cargo de vice-presidente de Vendas para a área de Global Channel and General Business Organization da SAP.

Carla também era uma profissional experiente, com 15 anos de IBM, onde chegou a ser diretora de Cloud, Analytics, Mobile, Social e Security.

Como o perfil de Tiellet e Carla mostra, experiência em computação em nuvem é determinante para ocupar a posição dentro da SAP - provavelmente porque alavancar vendas nessa modalidade é uma prioridade dentro da multinacional alemã.

Desde 2013, a empresa vem enfatizando seu posicionamento como uma "cloud company", uma estratégia baseada na nova plataforma de computação em memória Hana e numa série de aquisições bilionárias de empresas baseadas no modelo como Hybris, Ariba e SucessFactors.

O problema é que, assim como outros players tradicionais do mercado de software corporativo, a arquirrival Oracle é o exemplo mais parecido, a SAP é um barco grande e trabalhoso de manobrar.

Nos resultados do ano fiscal 2015, a companhia apontou um crescimento de 103% em novos contratos de nuvem, saltando de € 436 milhões para € 883 milhões em receita. São cifras altas, mas pouco no conjunto da obra, no qual o faturamento foi de € 20,8 bilhões.

Tags SAP Oracle canais nuvem

Compartilhe

ASSINE A NEWSLETTER

Receba gratuitamente nossa Newsletter e as últimas atualizações.

Preencha o campo email corretamente.
Cadastro realizado com sucesso!