CLOUD

Conheça startups do Oracle Accelerator

Por Júlia Merker

Segunda, 07/08/2017 18:25

Conheça startups do Oracle Accelerator

A Oracle acaba de selecionar seis startups para iniciar oficialmente o Oracle Startup Cloud Accelerator, programa que estará ativo durante os próximos seis meses, em São Paulo. As participantes serão In Loco Media, Intelipost, Netshow.me, Nexus Edge, NMIND e Runrun.it.

O programa oferece orientação de especialistas técnicos e empresariais, tecnologia, acesso a clientes e parceiros Oracle e créditos para uso de soluções Oracle Cloud. 

A In Loco Media é focada em inteligência de localização. A tecnologia proprietária da empresa para publicidade pode localizar os smartphones dos usuários em ambientes fechados com a precisão de até um metro.

Fundada em 2011, em Recife, a companhia tem a equipe de liderança formada por André Ferraz, CEO; Lucas Queiroz, CFO; Denyson Messias, COO; e Alan Gomes, vice-presidente de engenharia. Os fundadores foram selecionados em março como Empreendedores Endeavor, iniciativa da organização global de fomento ao empreendedorismo.

“Estamos honrados por sermos selecionados neste programa exclusivo. A Oracle e seus recursos nos ajudarão a continuar inovando, escalando e transformando digitalmente engajamentos de consumidores móveis para as indústrias pelo mundo”, ressalta André Ferraz

Já a Intelipost oferta uma solução em nuvem que aborda o gerenciamento de frete e transporte. Em maio do ano passado, a startup recebeu um novo aporte de capital no valor de R$ 7 milhões. Liderada pelo fundo brasileiro Performa, a rodada teve foco em acelerar o desenvolvimento de novos produtos e serviços, além de novas linhas de negócio. 

A tecnologia da Intelipost faz a interface entre embarcadores - como lojas on e offline, indústrias, distribuidores e atacadistas – e seus clientes e provedores de transporte. Entre as empresas atendidas estão Submarino, Americanas, Shoptime, Extra.com, Evino, Natue, Shop2gether, Enjoei, OQVestir, e Brilia.

Enquanto isso, a Netshow.me é especialista em transmissão ao vivo. Com tecnologia proprietária, o portal possibilita que as empresas possam rentabilizar seus conteúdos de vídeos ao vivo em muitos formatos, como campanhas para captação de recursos. 

A solução também desenvolveu uma rede de produtores profissionais para ajudar as empresas com seus projetos em todo o país.

Criada há três anos, a startup recebeu em junho um aporte de capital no valor de R$ 1,2 milhão. A Netshow.me abriu uma rodada de investimento no início do ano e fechou a captação liderada pela Provence Capital, fundo de venture capital que aposta em empresas iniciantes. 

Também escolhida pela Oracle, a Nexus Edge é uma solução de publicidade digital alimentada por inteligência artificial. Por meio de sua solução Alana, a empresa pode mapear padrões de comportamento e outras variáveis.

“A Oracle realmente entende os nossos desafios e pode nos oferecer recursos e apoio de pesquisa & desenvolvimento, vendas empresariais e soluções de infraestrutura na nuvem. É uma honra sermos selecionados neste programa inaugural e estamos vislumbrando uma longa relação de parceria com a Oracle”, comenta Marcel Jientara, CEO da Nexus Edge.

Já a NMIND mapeia os hábitos dos consumidores e desempenho de marca em pontos de venda em vários setores de varejo. 

A empresa possui duas soluções principais: a MeNI - Meu Negócio Inteligente (Smart Business), uma plataforma de inteligência de negócios para PMEs focada no mapeamento de mercados vizinhos. Enquanto isso, a NMAP é uma plataforma de business intelligence focada na indústria, marcas e seus distribuidores.

“Estamos empolgados por termos sido escolhidos neste momento fundamental para o crescimento da nossa empresa. Os amplos recursos globais da Oracle, tecnologias e apoio do ecossistema nos impulsionarão a fim de continuarmos a elevar nossa solução globalmente”, diz Matheus Fahel, CEO da NMIND.

A última escolhida é a Runrun.it, solução de gerenciamento de trabalho para equipes e gerentes. Na plataforma é possível organizar quem está trabalhando no que, quando as tarefas serão entregues e quanto custam os projetos. 

“A Oracle pode ajudar a acelerar as nossas capacidades para avançarmos com amplos recursos globais e ecossistema de clientes e parceiros. É um momento incrível e empolgante para nosso crescimento. A cada dia, ampliamos as nossas capacidades digital e de inteligência que tem transformado como o trabalho”, reforça Antonio Carlos Soares, co-fundador e CEO.

Para Rodrigo Galvão, presidente da Oracle do Brasil, o lançamento do programa local indica uma nova fase para a empresa. 

“Desde o início do Oracle Startup Cloud Accelerator, tivemos o comprometimento e a grande oportunidade de troca de experiências e compartilhar o conhecimento com startups que já estão inovando. O programa já é um sucesso e espero que traga resultados valiosos para este time de elite do empreendedorismo e seus negócios”, destaca Galvão.

O Oracle Startup Cloud Accelerator está presente também em Bangalore, Bristol, Delhi, Mumbai, Paris, Cingapura e Tel Aviv.

Em janeiro, no lançamento do programa, a Oracle destacou que não pedirá participação acionária em troca da participação. As startups bem sucedidas podem receber mais dois anos de créditos para soluções Oracle após os seis meses de aceleração.

Tags Oracle startups aceleração

Compartilhe

VEJA TAMBÉM

ASSINE A NEWSLETTER

Receba gratuitamente nossa Newsletter e as últimas atualizações.

Preencha o campo email corretamente.
Cadastro realizado com sucesso!