VAREJO

Bibi testa BusinessShop Mobile

Por Júlia Merker

Terça, 15/05/2018 19:15

Bibi testa BusinessShop Mobile

A Calçados Bibi, empresa com matriz em Parobé que produz cerca de 2,6 milhões de pares de sapatos infantis ao ano, está em fase de teste para adoção do BusinessShop Mobile, desenvolvido pela Server, de Novo Hamburgo.

A ferramenta deve atuar nas vendas das 107 lojas da Bibi em todo o país (20 próprias e 87 franquias). Por enquanto, um projeto-piloto avalia o sistema em 5 lojas próprias, sendo uma em São Paulo e as demais no Rio Grande do Sul.

“Estamos investindo na agilidade da operação, criando a venda completa no próprio chão da loja. Ou seja, o vendedor passa a ser um consultor, com habilidade de ofertar o produto, explorar estoque e emitir a nota eletrônica com simples toques no equipamento que está na palma de sua mão”, explica Juliano Müller de Souza, gerente de transformação digital, departamento criado há pouco mais de um mês na Calçados Bibi. Antes, o executivo atuava como gerente de TI da empresa.

O sistema, que utiliza um hardware da Rede Poynt ou Cielo Lio, conta também com o recurso Smart List, que faz a escala da ordem de atendimento dos vendedores e fornece relatórios de metas e comissões.

“Com o sistema da Server, empresa que é nossa parceira há 10 anos, conseguimos eliminar o atrito com o consumidor, pois além da agilidade, ganhamos na satisfação da experiência na loja. Se o cliente está no shopping, gostou de um produto e quer que a entrega seja feita na sua casa, ele terá esta possibilidade”, observa Juliano. 

Segundo Marcos Zanelatto, diretor comercial da Server, o controle omnichannel entre franqueados, lojas próprias, e-commerce e depósito é uma das ferramentas do software BusinessShop, já incorporado na versão Mobile.

O BusinessShop é o guarda-chuva das soluções tecnológicas integradas da Server. O software integra pontos de venda (PDVs), área financeira, estoques e é o responsável pela gestão de comandos do BusinessShop Mobile. 

Com 28 anos de mercado, a Server possui mais de 2 mil clientes, entre lojas de confecções, calçados, acessórios e pontos de venda alternativos, como quiosques, trucks, contêineres, store in store. Em 2018, a empresa espera conquistar mais 500 lojas.

Presente em mais de 60 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3,5 mil pontos de venda multimarcas.

Tags varejo calçados bibi

Compartilhe

VEJA TAMBÉM